Grécia - Simone Lobo

“Milagres acontecem todos os dias”. Minha citação favorita se fez presente mais cedo do que eu imaginava. Eu sempre sonho com as minhas viagens, mas a Grécia estava bem longe dos meus planos. Mas, como um milagre, aconteceu. Fui para um editorial e um ensaio e contei um pouco da história nesse post.
Tive a impressão de que na Grécia a vida passa bem devagar. Senti um silêncio necessário, as pessoas contemplam mais do que falam. Com tanta beleza e imponência, Deus se faz presente a cada tom de azul, fazendo com que a gente se veja o tempo todo agradecendo.
Foram 10 dias e três ilhas: Milos, Folegandros e Santorini. Amei tudo em Milos , Folegandros me ganhou pela charmosa Chora e Santorini me mostrou o cartão postal que eu sempre sonhei, mas não gostei da loucura das pessoas para ver o pôr do sol.
E eu, sozinha, com muito medo de embarcar, percebi que foi a viagem espiritual que faltava na minha vida. Tomei muito cuidado para não ficar com sentimento de orgulho, aquele que faz a gente ter vontade de gritar para o mundo e mostrar onde está. O orgulho deu lugar a uma alegria que está marcada em mim, como a tatuagem que não tive coragem (ainda) de fazer. Só não foi melhor porque eu estava sozinha e queria muito compartilhar o que via com a minha família. Entendi o ditado “A felicidade só é real quando compartilhada”. E depois de muito tempo, posso compartilhar um pouquinho do que vi com vocês!



Deixe um comentário